PESQUISA

A dinâmica do conflito

Conflito é um conceito muito amplo. Ele é estudado a partir de diferentes perspectivas e em vários aspectos por muitas ciências: filosofia, sociologia, psicologia, jurisprudência, história e ciência política. O conflito está na base de qualquer contradição, e, por sua vez, é um incentivo para quaisquer mudanças, às vezes construtivas e progressivas, e às vezes destrutivas, destrutivas. Na maioria das vezes, o conceito de conflito é considerado na relação entre pessoas e grupos sociais; na psicologia, o conflito é também experiências e contradições profundas intrapessoais que geram crises e depressões na vida, mas isso nem sempre leva a consequências negativas. Muitas vezes, o conflito interno é um estímulo para o desenvolvimento, a descoberta de novos horizontes de vida e o potencial oculto do ser humano inconsciente.

A base do estudo do conflito é o agregadovários conceitos que compõem este fenômeno complexo: a estrutura do conflito, sua dinâmica, formas de administrar o conflito e sua tipologia. Além disso, esses conceitos podem ser correlacionados com vários conflitos - sociais, interpessoais e intrapessoais, mas em cada um deles terão suas próprias características.

A dinâmica do conflito

Conflito é um processo dinâmico e evolutivo. Destacam-se as seguintes etapas principais de seu desenvolvimento: situação pré-conflito (estágio latente, latente), conflito aberto e estágio de sua conclusão.

O latenteo palco é a formação de todos os seus elementos estruturais. Em primeiro lugar, a causa do confronto surge e seus participantes se manifestam, e então as partes tomam consciência do conflito entre a situação como um conflito. A dinâmica do conflito pode se desenvolver ainda mais se, no primeiro estágio, as principais contradições não forem resolvidas de forma pacífica e amigável.

A segunda etapa é a transição de seus participantes paracomportamento de conflito, cujas características são definidas em psicologia e ciência do conflito. A dinâmica do conflito nesse estágio é caracterizada pelo aumento do número de participantes no confronto, ações desorganizadoras das partes dirigidas entre si, transição da solução de problemas para acusações pessoais e, muitas vezes, com uma atitude emocional fortemente negativa, além de um alto grau de tensão que leva ao estresse.

A dinâmica do conflito nesta fasedenotado pelo escalonamento do termo, ou seja, um aumento nas ações destrutivas e destrutivas das partes conflitantes, muitas vezes levando a consequências catastróficas irreversíveis.

Finalmente, a dinâmica do conflito na última etapa -Esta é uma pesquisa de maneiras de resolvê-lo. Utiliza vários métodos, técnicas e estratégias para administrar conflitos, atraindo especialistas, psicólogos e psicólogos. Como regra, a resolução de uma situação de conflito é realizada de duas maneiras: transformando as razões subjacentes e reestruturando a percepção subjetiva ideal de uma determinada situação na mente de seus participantes.

Deve-se notar que nem sempre a estratégiaresolução de conflitos leva ao sucesso completo. Muitas vezes, tudo termina com um resultado parcial, quando formas visíveis da ocorrência e do curso de uma situação de conflito são eliminadas, e o estresse emocional dos participantes não é removido, o que pode ser a causa do surgimento de novos confrontos.

Uma resolução completa de uma situação de conflito ocorre somente quando todas as suas contradições e causas externas são removidas, e todos os fatores internos, emocionais e psicológicos são eliminados.

Mais desafiador no últimoo estágio de resolução do conflito é uma transformação, uma mudança na percepção ideal subjetiva das causas da oposição nas mentes dos participantes de cada partido. Se esse objetivo for alcançado pelos mediadores ou pela administração da organização, o conflito será resolvido com sucesso.

A dinâmica do conflito social, interpessoal ou intrapessoal, prossegue de acordo com o esquema padrão e tem os mesmos estágios e métodos de resolução, apenas, é claro, com suas próprias especificidades.

  • Avaliação: