PESQUISA

Parlamento: funções, sinais, tipos, estrutura, poderes. Função legislativa do parlamento. Principais funções do parlamento russo

A formação do estado teve lugar emao longo de uma grande quantidade de tempo. De fato, desde que a humanidade atingiu o pico de sua evolução, ela começa a tentar organizar grupos. Formações criadas gradualmente estão se expandindo. Mas, nesse processo, surgiu um problema bastante sério - a regulamentação das atividades de grandes grupos sociais. Afinal de contas, à medida que o desenvolvimento progredia, as pessoas eram capazes de criar estruturas tão volumosas que o seu funcionamento se tornou difícil de gerir. Portanto, gradualmente começou a desenvolver a questão do poder no estado.

Deve-se notar que as formações mais antigasNa maioria dos casos, o tipo de estado era governado pelo poder corporificado na pessoa de uma única régua. Pequenas tentativas de criar repúblicas, exemplos da Grécia Antiga e Roma, não tiveram sucesso. Como resultado, os estados representados eram governados pela autoridade de um único líder.

Tal estrutura social de gestão existiaaté o final do século XVIII. Neste momento, movimentos revolucionários começam na Europa. A autocracia mostrou completamente seu desamparo em alguns assuntos sociais. Portanto, nesse período, surge a ideia de criar um corpo coletivo universal que desempenhe as funções regulatórias básicas.

Hoje, essa estrutura existeem quase todos os estados. É chamado o parlamento. As funções e tarefas deste corpo têm suas especificidades. Além disso, o Parlamento é uma clara manifestação do princípio da separação de poderes, que será descrito mais detalhadamente mais adiante no artigo.

funções do parlamento

A essência da separação de poderes

As principais funções do parlamento e suas características não podem ser consideradas sem analisar o princípio da separação de poderes, já mencionado anteriormente.

Quanto à última categoria, écaracterizada pela doutrina de que o poder em qualquer estado deve ser dividido entre os órgãos relevantes e independentes. Isso possibilitará coordenar a atividade vital da população do país com muito mais eficiência, além de proporcionar uma oportunidade para evitar o abuso de poder, o que é bastante visto em estados com uma forma monárquica de governo e um regime totalitário.

A criação do princípio foi precedida por uma série de importantes eventos históricos. Além disso, o ensino foi criado com base no conhecimento e experiência dos estados da antiguidade e da Idade Média.

A história do desenvolvimento do princípio da separação de poderes

A ideia de compartilhar o poder que vive hojemuitas agências governamentais, cientistas emprestados de estados como Grécia e Roma antigas. Foi neles que o método coletivo de governo foi inventado primeiro. Por exemplo, o poder romano foi completamente dividido entre comícios, cônsules e o senado. Ao mesmo tempo, o último elemento desempenhou o papel do parlamento moderno.

função legislativa do parlamento

Na Idade Média, o feudalismo dominousistema que excluía a presença do poder coletivo. No entanto, na época do esclarecimento, estudiosos como John Locke e Charles Louis Montesquieu desenvolveram o princípio da separação do governo. Segundo seus ensinamentos, o poder no país deve existir na pessoa de três tipos de corpos:

  • executivo;
  • legislativo;
  • judicial.

Este princípio tornou-se tão popular queencontrou seu uso em muitos estados. Hoje, o princípio da separação de poderes opera em quase todo o mundo. Ao mesmo tempo, o parlamento é o corpo da legislatura. Segundo muitos cientistas, esse é o papel mais importante, porque a legislação, na verdade, cria atos que regulam diretamente as atividades da população do estado.

 funções parlamentares de autoridade

Características do Parlamento

Então, o parlamento, cujas funções serãoconsiderado no artigo, é o órgão representativo mais alto. No entanto, sua forma de recrutamento, neste caso, não é o fator caracterizador mais importante. Mais importante é o fato de que o Parlamento tem a capacidade de emitir leis - regulamentos da mais alta força legal após a constituição do Estado.

Até à data, este corpo de uma forma ou de outraA forma existe em quase todos os estados. Com relação aos poderes do legislativo, eles podem variar dependendo da forma de governo de um determinado país. Na forma clássica, o parlamento (pontos de vista, suas funções são apresentadas no artigo) pode passar um voto de desconfiança no governo, o que indica seu controle do corpo executivo central, bem como aliviar o chefe de Estado, ou seja, o presidente, de seus poderes por impeachment.

Deve-se notar que este corpo podeexistem em quase todos os estados, independentemente da forma de governo. Em outras palavras, mesmo nos poderes monárquicos, a presença do parlamento não causa nenhuma confusão. Um grande exemplo disso é a monarquia parlamentar. Em tais estados, o poder do chefe de estado é limitado à legislatura, que realiza a mesma função.

Se estamos falando da forma republicanagoverno, neste caso, o parlamento, uma estrutura cujas funções podem variar um pouco, desempenha um papel fundamental. De fato, ele é a personificação da democracia republicana, assim como os princípios de liberdade e igualdade, porque a maioria das questões são resolvidas coletivamente por representantes do povo.

Quanto ao regime político emEstado, esta categoria é fortemente influenciada pelas atividades dos órgãos legislativos e de outros estados. No entanto, em alguns casos, é através da estrutura legislativa que a influência negativa do totalitarismo ou autoritarismo pode ser substancialmente contida.

principais funções do parlamento

A estrutura do principal órgão legislativo

Parlamento, as funções, os poderes de que estamos com vocêConsidere, é uma estrutura bastante complexa e eficiente. Em outras palavras, um corpo moderno desse tipo não é algo semelhante ao popular veche. Este é um mecanismo bastante ordenado, cujo principal objetivo é emitir leis, que serão discutidas posteriormente no artigo. Assim, o parlamento tem sua própria estrutura interna. Deve-se notar que pode variar, dependendo das especificidades do regime político e das características territoriais do estado.

Na forma original e clássica, qualquerO Parlamento tem uma estrutura bicameral. Deve ser lembrado que se originou no Reino Unido - o berço do parlamentarismo mundial. A estrutura bicameral foi criada para garantir um compromisso entre a burguesia e, claro, os aristocratas - a classe alta. Neste caso, o sistema dual é plenamente justificado pela necessidade de considerar as idéias e visões de todas as classes sem exceção. Afinal, a nobreza, como principal força do sistema monárquico, começou a perder significativamente suas posições durante a revolução burguesa na Europa. Portanto, foi necessário aceitar a influência dessa classe.

Sob a influência de movimentos revolucionários, em algunspaíses pareciam parlamentos unicameral. Eles são ótimos para soluções móveis para certos problemas, mas são frequentemente usados ​​como suporte para um líder totalitário. No entanto, os parlamentos unicameral existem no mundo moderno. Daí a questão bastante lógica que surge: "Que tipos de estruturas existem hoje?" No século XXI, os seguintes sistemas parlamentares podem ser encontrados no mundo, a saber:

  1. Bicameral
  2. Unicameral.

O primeiro tipo é mais popular no mundo moderno. No entanto, vale a pena considerar o fato de que as câmaras têm seus poderes claramente delineados. Ao mesmo tempo, na esmagadora maioria dos casos, eles são absolutamente iguais em seu status legal.

Parlamento e suas funções brevemente

Apresenta estrutura bicameral

Vamos tomar um parlamento bicameral. Os tipos e funções do mesmo possuem um grande número de recursos. O principal deles é o processo de aprovar leis.

Por exemplo, o parlamento dos EUA tem um período bicameralestrutura. Sua principal característica é o fato de que qualquer projeto de lei deve ser considerado e adotado em ambas as câmaras. Se pelo menos um deles for rejeitado, ele não será aceito automaticamente. Assim, um parlamento bicameral possibilita levar em conta as características de quase todos os estratos sociais. Além disso, em muitos casos, outras funções específicas são atribuídas a cada elemento estrutural da legislatura. Por exemplo, a câmara baixa pode ser responsável por questões financeiras no estado, e a superior, por sua vez, nomeia as pessoas para determinadas posições, ratifica atos internacionais, impedimentos, etc.

Deve-se notar que todos os pontos apresentadospode variar por estado. Como mostra a prática, parlamentos de funções idênticas e poderes do parlamento não existem.

Estruturas bicamerales até hojea maioria deles existe em estados federais. Dada esta forma de organização territorial, um parlamento composto de dois elementos é simplesmente necessário. De fato, em uma federação, a segunda câmara, como regra, representa os interesses principalmente dos sujeitos. Esses países incluem a Austrália, a Federação Russa, a Índia, o México, os Estados Unidos da América, o Reino Unido e assim por diante.

No entanto, os parlamentos bicamerais tambémreunir e em países unitários. Como regra geral, mesmo nesses casos, a legislatura é organizada sobre o princípio da territorialidade, que permite levar em conta os interesses de elementos individuais do Estado.

Parlamento suas características e funções

Órgãos internos do centro legislativo

Deve-se notar que o Parlamento, as funçõesque será apresentado posteriormente, para a implementação de suas principais tarefas, utilizar órgãos internos de propósito especial. Na maioria dos casos, a organização da estrutura desses departamentos parlamentares tem características comuns em muitos estados. É necessário destacar as principais tarefas dos órgãos parlamentares:

  1. Coordenação do trabalho do centro legislativo.
  2. A organização de todas as condições necessárias para a implementação pelo Parlamento das suas funções imediatas.

Essas tarefas são fundamentaisórgão legislativo. Sua execução, como mencionado anteriormente, é colocada nos ombros dos departamentos internos. O principal órgão parlamentar é o orador ou o presidente. Via de regra, a atividade desse elemento é incorporada em uma pessoa separada, isto é, em uma pessoa em particular. Ao mesmo tempo, o papel do orador é bastante importante para todas as atividades do parlamento de um estado. Ele executa várias funções especiais, que incluem o seguinte:

  • representação do corpo legislativo na arena internacional;
  • assegurar a consideração dessas ou de outras questões importantes;
  • definição da agenda;
  • assegurar a consideração das contas;
  • determinação de tipos específicos de procedimentos para discutir projetos de lei ou outras questões;
  • liderar discussões parlamentares;
  • dando a palavra aos deputados;
  • determinação do tipo de votação e seus resultados, etc.

Uma função parlamentar bastante importanteO presidente é a gestão dos fundos deste órgão, bem como as unidades policiais parlamentares. Para facilitar o trabalho do orador, como regra, ele é fornecido com deputados - vice-presidentes.

Esta forma de gerente de organizaçãoO corpo parlamentar é mais freqüentemente encontrado em parlamentos bicamerais. Além disso, de modo algum em todos os estados, o papel do orador é tão importante. Por exemplo, no parlamento suíço, o presidente e seus representantes são eleitos apenas para a duração das sessões relevantes. Neste caso, o orador não é uma figura política importante.

Outro elemento importante da organização internaLegislatura são comissões parlamentares. Eles são corpos especializados criados a partir de deputados. Seu principal objetivo é avaliar e criar diretamente legislação, controle sobre as atividades do poder executivo, bem como a solução de tarefas específicas.

Existem dois tipos principais de comissões eou seja: temporário e permanente. Estes últimos são criados para o mandato da câmara parlamentar relevante. Na esmagadora maioria dos casos, são constituídas comissões permanentes em matéria de defesa, finanças, legislação e legislação, cooperação internacional, etc.

Quanto aos corpos temporários, eles sãogeralmente lidam com tarefas específicas. Essas comissões são investigativas, especiais, de auditoria, etc. Deve-se notar que os órgãos parlamentares têm uma ampla gama de poderes. Na maioria das vezes, eles se manifestam no processo legislativo, porque é precisamente na composição das comissões que os projetos de lei são redigidos, bem como suas regulamentações científicas.

Facções do parlamento

Atividades internas de muitos legislativosórgãos fornecidos por suas facções. Eles, na verdade, representam associações adjuntas. O valor numérico de cada facção individual, como regra, afeta o programa político do estado.

Afinal, os deputados de um partido em particularos legisladores estão tentando manter suas contas de interesse. Quanto à formação de facções, este processo, como regra, ocorre com base em regulamentos em cada estado individual.

Parlamento: Funções, Poderes

Como o principal centro legislativo de qualquerEstado, o corpo representado no artigo é investido de certos poderes, e também tem um número de funções específicas. Essas categorias, de fato, mostram suas capacidades reais em um estado particular.

funções do parlamento

Mas se as principais funções do parlamento, em regra,quase o mesmo em todos os lugares, os poderes são cheios e limitados. Como regra, as possibilidades específicas do parlamento são determinadas pela lei estadual básica, isto é, a constituição. Com base nisso, todos os poderes do corpo legislativo principal, sem exceção, podem ser divididos em três grupos:

  1. Nem todos os parlamentos são dotados de poderes ilimitados. Neste caso, a legislatura pode lidar com questões que não estão consagradas na constituição.
  2. O oposto do primeiro tipo de órgão éParlamentos com poderes limitados. Como regra, suas capacidades estão claramente listadas na constituição estadual. Estes incluem os parlamentos da França, Senegal e outros.
  3. O tipo mais específico de parlamentarOportunidades são os poderes consultivos da legislatura. Tais estruturas, na maioria das vezes, surgem nos países da lei islâmica. A linha inferior é que neles o chefe de estado é o monarca, e o parlamento existe para ajudar no processo de seu governo. Em outras palavras, este órgão apenas aconselha o chefe do país sobre certas questões e não cumpre sua função principal.

Além da classificação apresentada anteriormente,As funções do parlamento também podem ser divididas de acordo com o escopo de atuação deste órgão. Por exemplo, os legisladores de muitos países são dotados de um número de possibilidades universais para regular o sistema financeiro, fiscal, defesa, relações internacionais, etc.

Além dos poderes mencionados, é necessárioConsidere também as principais atividades da legislatura. Quais são as funções do parlamento? Na comunidade científica existem muitas abordagens para a consideração deste problema. Mas na maioria dos casos, os principais poderes desse corpo, consistindo de quatro elementos, são distinguidos. Estes incluem o seguinte:

  1. A função primordial do parlamento é indubitavelmenteé a função legislativa. Afinal de contas, este corpo foi originalmente criado especificamente para a criação de regulamentos de força legal superior. A função permite levar em conta a opinião da maioria e também exclui a possibilidade de emitir leis antissociais que oprimem os direitos de um grupo particular de pessoas. Ao mesmo tempo, a função legislativa do parlamento consiste em uma série de etapas específicas, a saber: a criação de um projeto de lei, discussão, emendas e adoção, coordenação de interesses e assinatura. Assim, o processo de criação de atos normativos de maior força legal tem um caráter profissional. Além disso, a função legislativa do parlamento, de fato, aprova o sistema legal do estado. Já que são as leis que governam as relações sociais mais importantes.
  2. A função representativa do parlamento é que os deputados eleitos para este órgão devem proteger os interesses daquela parte da população que deu seus votos para eles.
  3. A função de feedback baseia-se no fato de os deputados realizarem reuniões, mesas-redondas e partes para discutir problemas urgentes do estado que precisam ser resolvidos.
  4. Uma das funções parlamentares mais importantes é o orçamento. De fato, é a legislatura que é responsável por criar um padrão de vida adequado para a população do país.

Funções do Parlamento Russo

A Assembléia Federal é o órgão legislativo da Federação Russa. De acordo com a atual Constituição do Estado, o parlamento da Federação Russa desempenha as seguintes funções:

  1. Criação de legislação.
  2. Nomeação e demissão do Presidente da Câmara de Contas e do Banco Central.
  3. Impeachment
  4. Anúncio de anistia.
  5. Implementação do controle sobre as autoridades executivas.
  6. Representação do povo.

Assim, as funções do parlamento russo emGeralmente têm um caráter geral com a tendência clássica do funcionamento de corpos legislativos no mundo. Este é um fator bastante positivo. Afinal, ele testifica acima de tudo que as funções do parlamento russo incorporam as melhores tendências européias. Mas isso não é todos os aspectos positivos da estrutura. Afinal, o próprio parlamento, suas características e funções nos permitem falar sobre a democracia real no estado. Se não há um órgão representado no país, ou não age adequadamente, então não faz sentido falar em democracia.

Conclusão

Então, no artigo descobrimos o que é o parlamento esuas funções. Examinamos brevemente os principais poderes dos órgãos legislativos, sua estrutura, bem como a história da formação do parlamentarismo e o princípio da separação de poderes no mundo.

Deve-se notar que o funcionamentoO corpo representado no artigo desempenha um papel fundamental para muitos poderes, pois o desenvolvimento de conceitos teóricos sobre as atividades do parlamento é necessário para o desenvolvimento de todos os estados sem exceção.

  • Avaliação: