PESQUISA

Normas de definição: o conceito e princípios

Normas de definição dão definições de um jeito ou de outro.categorias utilizadas na legislação. Por exemplo, o Código Penal contém explicações para conceitos como culpa, álibi, assassinato, o Código Civil descreve quais são as obrigações, as relações contratuais, etc. Como regra, as regras de definição estão localizadas em partes separadas da lei. No entanto, eles podem ser encontrados nas seções principais. Vamos considerar mais as normas de definição. O artigo também apresentará uma classificação dessas disposições por vários motivos.

normas de definição

Informação básica

A regra legal é tratada como definidaregra de conduta. É considerado obrigatório para todos os indivíduos. O não cumprimento da regra implica responsabilidade. Traduzido do latim, a norma significa "prescrição precisa", "amostra". Após a publicação (promulgação), é dotado de um caráter imperioso do estado. A gama de pessoas abrangidas pela sua ação não está definida. Inclui todos os cidadãos, organizações, agências governamentais. Vindo do estado, a norma é protegida por ele.

Caráter geral

Ela é expressa em ações de divulgaçãonúmero indefinido de sujeitos. Norma atua como um modelo de comportamento. Não possui um destinatário específico, não é direcionado para uma pessoa específica. Isto distingue, por exemplo, de uma ordem judicial. A ação da norma é dirigida àquelas entidades que entram ou podem entrar ou já estão envolvidas nas relações reguladas por ela. O caráter geral permite regular não todos os casos específicos, mas cobrir todas as situações, fatos, interações.

Sintomas

Todas as normas, incluindo definições, sãoreutilizável. Seu principal objetivo é a regulação de uma determinada esfera das relações sociais. As regras são igualmente obrigatórias para todos. Por exemplo, o Código do Trabalho contém disposições que regulam a interação de todas as pessoas envolvidas em relações de trabalho. As normas definem o caráter unificado e os limites das atividades dos sujeitos no âmbito de sua regulação. Todas as posições são consideradas abstratas. Isso significa que as normas não dizem respeito aos interesses de um assunto específico ou a um número limitado de pessoas. Igualmente importante é o seu caráter representativo de ligação. As regras dão a uma pessoa o direito de agir de uma determinada maneira e, junto com isso, ordena que outras pessoas realizem ações semelhantes ou que se abstenham delas.

normas princípios de normas de definição

Estrutura

Como parte das regras, existem três elementos:

  1. Hipótese (suposição).
  2. Disposição. Ele expressa a atitude em relação a um evento específico.
  3. Sanção Representa a reação do Estado a uma ação que vai além da estrutura de um modelo obrigatório de comportamento.

Classificação

A divisão de normas em categorias pode ser realizada dependendo da natureza da influência sobre as relações na sociedade. De acordo com este critério, distinguem-se as seguintes disposições:

  1. Encadernação
  2. Proibindo.
  3. Dispositivos (autorizando).

Dependendo do grau de impacto, os seguintes padrões são diferenciados:

  1. Imperativo Sua ação é obrigatória para todos sem exceções.
  2. Dispositivos Eles dão o direito de escolher.

A classificação pode ser realizada pela natureza da participação na regulação das interações sociais. De acordo com esse recurso, os seguintes padrões são diferenciados:

  1. Afirmando. Eles indicam diretamente um fato.
  2. Regulamentar. Estas disposições regem as regras de conduta em uma dada situação.
  3. Aplicação da lei. Essas disposições são adotadas para manter os assuntos dentro das regras estabelecidas.

Definições - o estado de direito, tendo um caráter estatutário.

norma de definição na constituição

Propriedades básicas

Regras de definição têm todas as propriedadesdescrito acima. Eles são abstratos e afetam um número indefinido de assuntos. A principal tarefa destas disposições é a clarificação dos conceitos utilizados nos atos legislativos. As normas mais comuns de definição na Constituição da Federação Russa. A Lei Básica contém conceitos fundamentais e suas definições. A definição da Federação Russa, dada no art. 1 ch.1, atua como norma. As definições da Constituição constituem a base legal para todos os outros atos legislativos.

Áreas-chave

Normas de definição e normas de prescrição formulam eventos e categorias em três principais esferas de atividade social:

  1. Civil.
  2. Criminoso
  3. Relacionado com a proteção da propriedade intelectual.

Significado

Fundamentos do governo, criação eo funcionamento das instituições de poder, associações públicas e políticas, o exercício do autogoverno territorial, o cumprimento dos deveres e direitos dos cidadãos e seus grupos estabelecem normas e princípios. As normas de definição explicam a todos os participantes da relação esses princípios-chave. Eles formam um sistema de interações sociais. Simplificando, as definições interpretam conceitos complexos de maneira ampla e simples.

normas de definição na constituição da Federação Russa

Papel

No campo da regulação ocupam um lugar especialdefinições regulamentares e normas operacionais especializadas. Estes últimos visam a formação de certos padrões de comportamento. No entanto, eles estabelecem as regras levando em conta as características de um campo específico de atividade. Definições regulatórias e normas especializadas contribuem para um aparato conceitual mais específico. Isso, por sua vez, proporciona uma melhor influência no desenvolvimento de interações na sociedade. As principais funções que executam as regras devem incluir:

  1. Constituinte
  2. Cognitivo
  3. Explicativo.
  4. Regulamentar.
  5. Informativo.
  6. Interpretação

Ao fornecer a consolidação legal de uma categoria específica, eles eliminam a probabilidade de diferentes interpretações.

normas de definição e regras de prescrição

Tipos de disposições explicativas

As definições são classificadas por diferentesde maneiras. O método mais comum de diferenciação é a divisão baseada na compreensão da relação entre diferentes conceitos, sua transformação mútua entre si. Na ciência, três grupos de padrões de definição são definidos:

  1. Doutrinal Eles determinam a estrutura de qualquer teoria.
  2. Praticamente aplicado. São definições que se desenvolveram no processo de atividade social, foram legalizadas por atos das mais altas autoridades e tornaram-se obrigatórias para todos os sujeitos.
  3. Legal Eles são estabelecidos pelas instituições representativas competentes (legislativas). Tais regras são prescritivas. Em seu lugar, importância, papel na regulação das interações sociais, eles diferem do primeiro e segundo. No entanto, ao mesmo tempo, não há diferença insuperável entre os três grupos, pois todos eles atuam como elementos integrantes do sistema jurídico russo.

Dependendo dos casos em que é necessário usar definições, elas são divididas em:

  1. Comumente usado. Estes incluem, em particular, conceitos como "empregado", "empregador", "contrato", etc.
  2. Especial. Esses termos podem ser chamados de profissionais. Para eles, em particular, incluem algo como "jurisprudência".
    definições regulamentares e legais e regras especializadas

Normas de definição: exemplos

Como dito acima, as definições estão presentesa maior parte da legislação. Código Penal explica o conceito de assassinato. Eles reconhecem a imposição intencional de morte a outro cidadão. No Código Penal existem explicações e outros conceitos. Por exemplo, explica-se que tal crime como um todo. Eles são chamados de um ato perigoso para a sociedade, acarretando o uso de punição criminal para os culpados. No art. 1 ch.1 da Constituição explica o conceito da Federação Russa - é um estado federal legal democrático com uma forma republicana de governo.

Conclusões

Analisando o exposto, podemos concluiro seguinte. Normas de definição são aquelas disposições que esclarecem os conceitos básicos usados ​​em atos legislativos para os quais uma dupla interpretação é inaceitável. Isso significa que sua principal tarefa é a definição precisa e clara de uma categoria ou evento específico. Qualquer interpretação ambígua dos conceitos pode levar a violações na aplicação das leis na prática. Isto, por sua vez, pode implicar a violação dos interesses dos cidadãos, entidades legais, o estado, agências governamentais e outras entidades envolvidas em certos relacionamentos. As normas de definição devem ser entendidas não apenas pelo legislador ou pelas instituições de poder, mas também pela população. A este respeito, o texto das definições deve conter palavras tão simples quanto possível, cujo significado não precisa ser mais explicado. Ao mesmo tempo, as definições devem dar a definição mais completa possível de uma categoria específica. A explicação não pode ser lacunas ou atenuação.

definições legais regulamentares e normas operacionais especializadas

Conclusão

Isso não quer dizer que as normas de definição sejammais importante no sistema. No entanto, sua importância e papel são difíceis de superestimar. As definições são desenvolvidas para maior clareza e transparência da legislação. Os especialistas recomendam estudar a parte introdutória (geral) antes de ler qualquer ato. Ele, como regra, contém todos os termos usados ​​na lei, bem como as definições para eles. Muitas vezes os atos referem-se às normas de definições. Isso é feito para não sobrecarregar o texto com termos e definições. Em alguns casos, esta ação é justificada, porque existem leis nas quais muitas informações e a inclusão de informações adicionais nelas não são apropriadas. Um número de especialistas acredita que os cidadãos precisam conhecer as normas básicas da definição que existem no sistema legal doméstico. Na prática, isso pode ser realmente útil, especialmente nos casos em que você precisa ir aos tribunais ou às autoridades. Uma pessoa legalmente alfabetizada tem mais chances de defender seu caso. Ao mesmo tempo, ele pode proteger seus interesses de forma independente, sem recorrer à ajuda de advogados. Mas às vezes o conhecimento das definições não é suficiente. Em alguns casos, é necessário entender os meandros da legislação, navegar em artigos e suas mudanças, para entender o efeito específico de certas provisões. Em tais situações, é claro, não se pode dispensar a ajuda de um advogado.

  • Avaliação: