PESQUISA

Lei Federal de Insolvência

Qual é a proteção de empresários, empresasque faliu em condições econômicas instáveis ​​de crise? Para facilitar a liquidação dessas pessoas e revenda de propriedade, em 2002, a Lei Federal "Em Insolvência" No. 127-FZ foi adotada.

Lei de falências da Rússia

Esta é a lei básica sobre insolvência,operando no território do país. Desde 1990, foi revisado três vezes. A situação econômica exigiu a introdução de explicações e acréscimos necessários. Referiam-se principalmente a mudanças nos termos da falência e quantias de obrigações não cumpridas, bem como esclarecimento da sequência de venda da propriedade existente da empresa devedora. A lei introduz uma nova instituição de administradores de arbitragem e prevê um exame independente. Agora os juízes não precisam tomar decisões econômicas. Para isso, as opiniões de especialistas de especialistas serão necessárias.

Constantemente substituindo a economiaAs crises no país exigiram a criação de uma infra-estrutura nacional de falência, que foi fixada na legislação vigente. Foi necessário especificar as formulações vagas. lei de insolvência, adoptada em 2002, tem uma definição precisa do valor monetário da dívida (500 salários mínimos no momento), eo período para pagar a dívida (mais de três meses). O limite mínimo da insolvência da dívida também é definido. São apenas 42 mil rublos.

Pagamentos no prazo e reputação

Assim, a disciplina de pagamento se torna mais difícil. As empresas credoras agora têm os motivos para aplicar diretamente ao tribunal com a demanda para cobrar a dívida depois de três meses. As ações judiciais não são mais apertadas por causa da incerteza, como antes. Portanto, proprietários sérios de empresas, a fim de manter sua reputação em um nível elevado, você tem que monitorar o pagamento das dívidas no prazo. A dinâmica dos assentamentos deve agora ser cuidadosamente controlada pelos proprietários.

A lei da insolvência obriga a cabeçaA empresa devedora deve recorrer ao tribunal se constatar, na análise financeira dos ativos tangíveis, que ao pagar as dívidas solicitadas, um credor deixará de poder pagar a dívida existente a outras entidades jurídicas. Por não cumprimento deste requisito, são aplicadas sanções rigorosas. É também o dever de cobrir a dívida da empresa de fundos pessoais e privação do direito de ocupar uma posição de liderança e até mesmo a responsabilidade penal.

Período de observação

Mas em relação aos interesses de propriedadeA lei federal de falências forneceu aos devedores insolventes um alívio perceptível. Agora, a propriedade material e as contas bancárias não são presas a pedido dos credores durante a duração do julgamento, contribuindo para a lenta "morte" da empresa. O tribunal arbitral introduz um período de observação, durante o qual a firma opera como de costume, e o gerente interino controla todas as transações e transações financeiras.

Falência de organizações de crédito de monopólios de energia e combustíveis

Além da lei básica, para organizações que tomarambancos ou outras estruturas financeiras têm empréstimos, há também a Lei nº 40-FZ “Sobre a Insolvência de Instituições de Crédito”, adotada em 1999. Se as medidas de recuperação financeira ou reorganização não trouxeram o resultado desejado, então o tribunal arbitral reconhece a incapacidade da organização de cumprir as reivindicações monetárias dos credores, isto é, sua falência.

Para grandes empresas e corporações financeirasA Rússia prevê certas condições de falência, que são consagradas e explicadas na lei “Sobre as peculiaridades da insolvência de monopólios naturais do complexo de combustíveis e energia” No. 122-ФЗ adotada em 2005.

  • Avaliação: